ESPELHO MEU ESPELHO MEU, HÁ ALGUÉM MAIS JAVARDO DO QUE EU???

ESPELHO MEU ESPELHO MEU, HÁ ALGUÉM MAIS JAVARDO DO QUE EU???

Então parece que tivemos um dos membros da fauna de parasitas e chulos profissionais do regime, que a única coisa que tem no seu currículo é todo um historial de vida como uma inutilidade parasitária faustosamente sustentada pelos contribuintes, e ser um profissional do tráfico de influências, a chamar de javardo um homem que trabalha, produz e ganha honestamente o seu sustento?

Então parece que tivemos um dos membros da fauna de chulos e parasitas do regime a chamar de “javardo” alguém que nunca parasitou um único cêntimo do Estado, que nunca chulou os contribuintes, que é um contribuinte líquido para os cofres do erário público, que contribui anualmente com alguns milhões em impostos, e que tem sido responsável para a captação e entrada de dezenas, centenas até, de milhões de euros de receitas externas para a nação?

Então parece que tivemos um dos membros da fauna de chulos e parasitas do regime a chamar de “javardo” alguém que ao longo de toda a sua carreira representou sempre com orgulho e de forma absolutamente exemplar a nação, com enormes e positivos contributos para a nossa imagem no exterior?

Então parece que tivemos um dos membros da fauna de chulos e parasitas do regime a chamar de “javardo” alguém e que ao longo de toda a sua carreira tem sido diariamente e continuamente obrigado a mostrar trabalho, mérito e a ter que apresentar resultados à entidade patronal, e a prestar contas aos que lhe pagam o salário, e em que todas as entidades patronais por onde passou o consideraram um trabalhador exemplar competente e merecedor do salário que lhe pagaram, e que sempre produziu e gerou muitíssimo mais para a entidade patronal, do que aquilo que dela recebeu?


Foi isto, não foi?

Para que não haja espaço para confusões, que fique claro, sou benfiquista. Mas a mim não me incomodam absolutamente nada “javardos” mesmo que de clubes rivais, desde que sejam trabalhadores, sérios, honestos, produtivos, competentes, e com méritos dados, como o é Sérgio Conceição.

A mim o que verdadeiramente me incomoda, muitíssimo mesmo, são os chulos e os parasitas do regime, que vivem pendurados nos contribuintes e do tráfico de favores e influências, entre o mundo podre da política e dos negócios, para proveito próprio, e a prejuízo do erário público, dos contribuintes da nação.

Estes sim, é que são os verdadeiros Javardos. E mais javardos o são quando em simultâneo tb conseguem ser vermes sem vergonha e sem espinha dorsal.

Rui Mendes Ferreira