Felizmente o dromedário que “Mandava”… Aninhou !

Felizmente o dromedário que “Mandava”… Aninhou !

Já são quarenta, presos uns aos outros por cordas, arrastados por tempestades de areia mas a dormir em gaiolas fechadas.


As práticas criminosas e desonestas de não quererem perder os privilégios de vidas de luxo por serem líderes de claques ‘da droga’.

Que “sirva de exemplo”… A intoxicação dos malabaristas e aldabrões tem que acabar!