“NÃO HÁ ECONOMIA PARA AGUENTAR ESTE ESTADO SOCIAL” – MEDINA CARREIRA