O governo dos despedimentos colectivos