Há sempre uma grande razão para um grande estadista “teimar”

Há sempre uma grande razão para um grande estadista “teimar”