Não se perca mais tempo com o defunto. Nem se peça a...

Não se perca mais tempo com o defunto. Nem se peça a demissão do mini das finanças ou do chefe da geringonça. Peçam-se eleições!


Artigos semelhantes