400 despedimentos e menos 55 balcões