Sócrates entrou numa igreja e ajoelhou-se frente a Jesus crucificado.

Sócrates entrou numa igreja e ajoelhou-se frente a Jesus crucificado.

Permaneceu em silêncio durante alguns minutos e depois, baixinho, começou a falar com Jesus:

Sócrates: Jesus, estou totalmente arrependido e gostaria de redimir os meus pecados.

Jesus: Está bem. Que tens feito?

Sócrates: Depois destes meus anos de governo deixei o povo arruinado e na miséria…

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Traí o povo que me deu os seus votos!

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Economizei verbas da Saúde, da Educação, da Segurança, etc. etc., as quais foram encher os bolsos de alguns.

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Comprei carros topo de gama para a Assembleia, para o governo e para tantos outros.

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Protegi as roubalheiras do Vara, do Godinho, do Rendeiro, do Jardim, do Oliveira Costa e de tantos outros e pus o João Soares à frente, na lista de Faro, para ver se recuperava o apoio do velho… !.

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Permiti que alarves como o Mexia, Pedro Soares, Zeinal, Coelho, e mais uma mão cheia deles fossem agraciados com chorudos prémios e com verbas tiradas do bolso do contribuinte.


Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Pus à cabeça dos Ministérios autênticos alarves que só fizeram burrices na Educação, na Economia, no Emprego, no Trabalho, na Saúde, na Segurança Social, etc..

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Envolvi-me com o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, com o Procurador Geral da República e outros tantos biltres da sua igualha, para que dessem cobertura às minhas manigâncias.

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Meti-me naquela alhada dos exames feitos ao Domingo, nas casas lá na Covilhã, no Freeport, na Maddie, nas sucatas, no TGV, na Nova Ponte, no novo Aeroporto e em outras tantas que nem vale a pena enumerar…

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Fui pedir apoio ao Hugo Chavez, o maior bandido da América Latina e a Kaddafi, outro bandido e criminoso árabe.

Jesus: Dá graças ao Pai!

Sócrates: Mas, Jesus, estou realmente arrependido e a única coisa que Vós tendes para me dizer é: “Dá graças ao Pai”!

Jesus: Sim, agradece ao Pai por eu estar aqui pregado na cruz, porque senão desceria dela para te encher de porrada, seu parolo ignorante, analfabeto, deslumbrado, traidor, ladrão sem vergonha, mentiroso, golpista, corrupto, aproveitador…. Vai trabalhar, vagabundo!!!!!

Nota:
Quem receber esta corrente tem obrigação ética e cívica de a divulgar, exaustivamente! Talvez assim a mensagem passe!

 

 
1