Um reles e “secretíssimo arranjinho” entre quatro partidos que, agora, voltou a...

Um reles e “secretíssimo arranjinho” entre quatro partidos que, agora, voltou a empenhar o nosso futuro comum.

10 de Novembro de 2015, um dia que não pode nem deve ser esquecido na história da Democracia em Portugal, antes sempre relembrado como um Dia de Vergonha, em que os vencedores de uma eleição livre foram vencidos por quem as verdadeiramente perdeu.

Venham as críticas que o amanhã dar-me-á razão… infelizmente!


 

1